Alimentação pré e pós-treino.

Alimentação pré e pós-treino.

Você iniciou o seu programa de treinos e tem dúvidas a respeito da sua alimentação?
Não se preocupe, pois é uma das principais dúvidas do grupo dos iniciantes em qualquer esporte.

A primeira dica é o foco em alimentos ricos em proteínas e carboidratos que irão contribuir para o tão sonhado aumento da massa muscular. Além da alimentação correta, é importante se atentar aos hábitos que prejudicam o desempenho do seu treino - assim como fumar ou ingerir alimentos que não ofereçam os nutrientes necessários - forçando seu organismo a usar a proteína do músculo, desgastando a sua estrutura.

• Alimentação pré-treino.
A alimentação pré-treino visa evitar a fadiga e oferecer disposição para o treino, neste sentido, os carboidratos são indicados. Mas, não são todos os tipos de carboidratos. Os chamados carboidratos simples – pão branco, mel, açúcares e bolachas doces por exemplo - devem ser evitados.
O carboidrato indicado é do grupo dos carboidratos complexos. A digestão dos carboidratos complexos é mais lenta e evita a queda de níveis glicêmicos. Como carboidratos complexos podemos citar: a batata doce, pães integrais, grãos, iogurte, açaí, salada de frutas ou arroz integral.
Para o pré-treino, também são indicados os iogurtes, frios magros, frutas, cereais torradas, compostos de proteínas em pó, bebidas à base de soja, shakes de proteínas ou isotônicos.

• Alimentação pós-treino.
Após um excelente treino é comum que sinta fome, pois o organismo gastou energia e com a energia se foram os nutrientes. Neste momento temos de tomar cuidado, pois como todos os nutrientes foram gastos, o organismo absorve qualquer alimento muito rápido para suprir toda a perda de nutrientes que ocorreram durante o exercício. Ou seja, nada de escolhas gordurosas, senão você corre o risco de jogar um dia de academia fora.
Depois do treino, as proteínas são bem-vindas: peixes, frango orgânico, muçarela de búfala são indicados como exemplo.

Agora que você já sabe a forma de se alimentar corretamente, consulte um nutricionista e peça que ele te indique quais dos alimentos citados se adequam melhor ao seu organismo e à sua modalidade esportiva.

A alimentação saudável, a reeducação alimentar e a prática esportiva são os melhores aliados da sua boa forma.